País de Gales x Irã, atualizações ao vivo, notícias, placares, resultados, como assistir, Inglaterra x EUA, Catar x Senegal, Holanda x Equador

Os 32 candidatos à Copa do Mundo jogaram sua primeira partida no Catar. Agora a fase de grupos está esquentando, com a eliminação bem e verdadeiramente em jogo – assim como a qualificação para a fase eliminatória.

E a noite de sexta-feira começou com um jogo impressionante, com outra nação da confederação asiática se recuperando, o Irã vencendo o País de Gales por 2 a 0 em uma partida de montanha-russa com o primeiro cartão vermelho do torneio – para um desafio realmente louco.

O anfitrião Catar não conseguiu se recuperar de seu péssimo primeiro jogo, perdendo para o atual campeão africano Senegal por quase garantir a eliminação.

A Holanda joga a terceira partida da noite, enfrentando o Equador em uma batalha pela primeira colocação do Grupo A.

Finalmente, é um grande sucesso do Grupo B quando a Inglaterra enfrentar os EUA às 6h AEDT, com a Inglaterra esperando por uma vitória que garantiria a eles uma vaga na fase eliminatória.

Acompanhe a sexta jornada da Copa do Mundo da FIFA em nossos blogs ao vivo abaixo, incluindo País de Gales x Irã (21h AEDT), Qatar x Senegal (12h AEDT), Holanda x Equador (3h AEDT) e Inglaterra x EUA (6h AEDT).

Assista aos melhores jogadores de futebol do mundo toda semana com beIN SPORTS no Kayo. Cobertura AO VIVO da Bundesliga, Ligue 1, Serie A, Carabao Cup, EFL e SPFL. Novo em Kayo? Comece sua avaliação gratuita agora >

Richarlison marca o gol da Copa do Mundo? | 00:36

MAIS NOTÍCIAS DA COPA DO MUNDO

ENROLAR: Greve ‘de tirar o fôlego’ enquanto o Brasil ruge para a vida; A resposta épica de Ronaldo ao apagão cerebral

“MELHOR SE ELES TENTAREM GANHAR”: Golpe selvagem de um rival contra a Alemanha após uma manifestação

‘CONTENTE CAHILL NÃO JOGA’: O que os próximos rivais da Copa do Mundo dos Socceroos sabem e pensam sobre a Austrália

O IRÃ CONSEGUE UMA VITÓRIA INCRÍVEL

Depois de ser derrotado por 6 a 2 pela Inglaterra na estreia na Copa do Mundo, o Irã se recuperou com um desempenho magnífico para vencer o País de Gales por 2 a 0 em um jogo de montanha-russa.

O Irã desperdiçou uma chance de ouro no primeiro tempo, quando teve um gol anulado por impedimento, antes de acertar a trave duas vezes em 25 segundos no segundo tempo.

A nação do Oriente Médio dominou a maior parte do jogo, mas o País de Gales se manteve firme – até que tudo desabou no final.

O goleiro galês Wayne Hennessy – que havia feito uma defesa brilhante no início do jogo – saiu correndo de sua área e fez um desarme de cabeça no atacante iraniano Mehdi Taremi, perdendo a bola completamente e achatando seu rival.

O árbitro – surpreendentemente – deu apenas o cartão amarelo, mas uma revisão do VAR rapidamente o convenceu a mudar de ideia e marcar a primeira expulsão na competição até então, aos 86 minutos.

SEM MAIS NOVIDADES

Bale ‘estripado’ após cartão vermelho, colapso tardio coloca País de Gales à beira da saída do WC

Torcedores choram quando jogadores iranianos dão cambalhotas em protesto em meio a confrontos violentos do lado de fora do estádio

Mehdi Taremi, do IR Irã, sofre falta de Wayne Hennessey, do País de Gales, durante a partida do Grupo B da Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022 entre País de Gales e IR Irã.Fonte: Getty Images
Hennessey recebeu cartão vermelho do árbitro Mario Alberto Escobar Toca.Fonte: Getty Images
O atacante iraniano #09 Mehdi Taremi recebe atendimento médico.Fonte: AFP

O Irã, desesperado para vencer, derramou a vitória, antes de Rouzbeh Chesmi marcar um impressionante chute de longo alcance aos 98 minutos para abrir o placar. Foi apenas seu segundo gol internacional e o primeiro em quatro anos.

Para não ficar atrás, Ramin Rezaeian marcou em outro contra-ataque aos 101 minutos – seu primeiro gol internacional em seis anos.

O Irã de Carlos Queiroz teria sido eliminado do torneio se tivesse perdido para o País de Gales, que empatou com os Estados Unidos.

Agora é o País de Gales que está prestes a ser eliminado do torneio, tendo de vencer a Inglaterra no último jogo. O capitão Gareth Bale se tornou o jogador com mais partidas pelo país quando entrou em campo pela 110ª vez, mas não conseguiu marcar.

CENTRO DE JOGOS: Escalações, estatísticas, jogada a jogada

Siga a ação em nosso blog ao vivo abaixo!

ANFITRIÕES À BEIRA DA SAÍDA HUMILHANTE

O Catar, país anfitrião, foi levado à beira da eliminação precoce de sua própria Copa do Mundo após uma derrota por 3 a 1 para o Senegal.

Gols de Boulaye Dia e Famara Diedhiou em ambos os lados do intervalo deram a liderança ao Senegal, antes que o substituto do Qatar, Mohammed Muntari, respondesse aos 78 minutos para criar uma final dramática.

O substituto do Senegal, Bamba Dieng, marcou seis minutos depois para colocar o resultado fora de dúvida e levantar os campeões africanos, que começaram com uma derrota por 2 a 0 para a Holanda, de volta ao Grupo A.

Supere o lateral-esquerdo do Catar suando por resultados em outros lugares se quiser evitar ficar atrás da África do Sul em 2010 como o segundo anfitrião da Copa do Mundo a desistir após a primeira fase.

A eliminação seria confirmada se o Equador não vencesse a Holanda no final do dia e faria do Catar o primeiro anfitrião da Copa do Mundo a ser eliminado após dois jogos.

“Hoje mostramos do que somos capazes. Fomos competitivos e jogamos bem”, disse o técnico do Catar, Felix Sanchez.

“Obviamente o resultado é fundamental, mas mostramos um desempenho melhor. Temos que nos preparar para jogar contra a Holanda.

“Sabemos que será um jogo ainda mais difícil contra eles.” O Catar teve um início de torneio nervoso ao perder por 2 a 0 para o Equador e novamente parecia hesitante contra o Senegal.

Os campeões asiáticos colocaram o goleiro Saad Al Sheeb no banco após seu desempenho instável na estreia.

O substituto Meshaal Barsham não inspirou muita confiança nos primeiros estágios, batendo um escanteio enquanto o Senegal pressionava para o primeiro gol.

Ismaila Sarr e Nampalys Mendy já haviam perdido oportunidades de gols para o Senegal até então, e Idrissa Gana Gueye e Youssouf Sabaly desperdiçaram mais no decorrer do primeiro tempo.

O Catar passou a maior parte dos primeiros 45 minutos com o pé atrás, mas um raro ataque deixou Akram Afif furioso por não ter sofrido um pênalti após ser carregado por Sarr.

O Senegal parecia ir para o intervalo sem conseguir quebrar a resistência do Qatar, mas os anfitriões ofereceram-lhe um golo aos 41 minutos.

O zagueiro do Qatar, Boualem Koukhi, errou uma liberação para deixar Dia aproveitar a bola perdida e chutar para longe de Barsham.

O Senegal aumentou a vantagem quase imediatamente após o intervalo, quando Diedhiou cabeceou no poste próximo após escanteio.

O Catar passou a mostrar muito mais ambição ofensiva a partir de dois gols e Afif esteve envolvido em tudo.

Almoez Ali forçou uma defesa com a ponta dos dedos no goleiro do Senegal, Edouard Mendy, antes que o jogador do Chelsea salvasse novamente os africanos de Ismail Mohamad.

Mendy estava enraizado em sua linha quando Muntari reduziu para o Catar, aproveitando um cruzamento de Mohamad para trazer os anfitriões de volta para lá.

O gol levantou a torcida e fez o Qatar avançar em busca de outro, mas Dieng cortou o renascimento pela raiz aos 84 minutos, quando desviou a bola para o terceiro do Senegal.

Abdelkarim Hassan então cobrou uma falta perto da trave, enquanto o Catar tentava revidar, mas o Senegal segurou para ver a vitória.

“Tivemos algumas chances e conseguimos marcar um gol, mas no final não tivemos tantas chances quanto queríamos”, disse Sánchez.

CENTRO DE JOGOS: Escalações, estatísticas, jogada a jogada

Siga a ação em nosso blog ao vivo abaixo!

DECLARAÇÃO DE TÍTULO ENORME EM HOLANDÊS

A seleção holandesa de Louis van Gaal também pode passar do Grupo A com uma vitória sobre o Equador, mas o anfitrião Catar precisaria empatar contra o Senegal.

A seleção laranja conquistou uma vitória por 2 a 0 sobre os campeões africanos em sua primeira partida, com gols tardios dos jovens em forma Cody Gakpo e Davy Klaassen.

Holanda deixa o melhor para o final | 00:23

A Holanda, três vezes finalista, está disputando a Copa do Mundo pela primeira vez desde que terminou em terceiro sob o comando de Van Gaal em 2014.

“Estamos aqui para nos tornarmos campeões mundiais”, disse Van Gaal na véspera da partida.

CENTRO DE JOGOS: Escalações, estatísticas, jogada a jogada

Siga a ação em nosso blog ao vivo abaixo!

INGLATERRA OLHA ‘HISTÓRIA’… E VINGANÇA

Os homens de Gareth Southgate começaram sua campanha com uma goleada de 6 a 2 sobre o Irã, que enfrenta o País de Gales na estreia do Grupo B na sexta-feira.

Seja qual for o resultado desta partida, a Inglaterra seguirá em frente ao vencer as americanas, mas terá que superar um time jovem e talentoso e o peso da história.

Os Estados Unidos eliminaram a Inglaterra do torneio de 1950 com uma das maiores surpresas das Copas do Mundo e, em 2010, empataram em 1 a 1 com um time de estrelas, mais lembrado por um uivo do goleiro inglês Rob Green.

Declaração da Inglaterra no início da Copa do Mundo! | 02:06

“Já vencemos os Estados Unidos em uma Copa do Mundo? Não. Amanhã temos que tentar fazer história”, disse Southgate em entrevista coletiva antes da partida.

“Somos bons em falar bem de nós mesmos como nação com muito pouca evidência. Sabemos que enfrentaremos uma equipe muito motivada. Não acho que subestimaremos os Estados Unidos. A Inglaterra ainda luta pelo primeiro título de um grande torneio em 56 anos, depois de perder a final da Eurocopa do ano passado para a Itália nos pênaltis.

Eles, no entanto, receberam um impulso antes do jogo contra os Estados Unidos, já que o capitão Harry Kane foi declarado apto, apesar de ter sofrido uma lesão no tornozelo contra o Irã.

De acordo com relatos na Inglaterra, Gareth Southgate está definido para nomear uma equipe inalterada.

CENTRO DE JOGOS: Escalações, estatísticas, jogada a jogada

Siga a ação em nosso blog ao vivo abaixo!